Fale Conosco | (31) 3831-6364
Associe-se
Notícias


Metabase de Itabira ganha ação contra Investvale

A juíza Maria Cristina de Brito Lima, da 2ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro deu ganho de causa à ação movida pelo Sindicato Metabase de Itabira e Região contra o Clube de Investimentos da Vale (Investvale). A ação foi movida devido à alterações fraudulentas no estatuto do Investvale e sonegação de informações aos cotistas em benefício próprio entre 2002 e 2003, que enriqueceu seus dirigentes e rendeu prejuízos que superaram R$ 40 milhões aos cotistas na época.  

A ação, tem como intuito ressarcir estes cotistas, que na época foram prejudicados com a fraude. O esquema criado pelos próprios administradores do clube, condenados penalmente pelo prejuízo gerado, consistia em omitir informações aos associados, incentivar a venda das cotas em valores reduzidos, para lucrar com essas transações, já que eles possuíam informações privilegiadas de quando as ações poderiam ser vendidas à preços astronômicos.

A notícia agradou o presidente do Sindicato Metabase de Itabira e Região, Paulo Soares de Souza. De acordo com ele, o empenho do setor jurídico da instituição fez toda a diferença e poderá surtir efeito, gerando o pagamento deste prejuízo aos itabiranos que foram prejudicados pelo esquema fraudulento.

“Estamos muito felizes com esta vitória, é um dever nosso compartilhar com as pessoas, com os nossos trabalhadores, aposentados e pensionistas. Não tenho dúvidas de que em breve teremos a garantia desta vitória”, comemorou o presidente do Metabase.

De acordo com a advogada e coordenadora do setor jurídico do Metabase, Rosilene Félix, ter a Fundação Vale do Rio Doce de Seguridade Social (Valia) no pólo passivo da ação, também como ré, “é uma vantagem”.

“A Valia também foi condenada a ressarcir todos os cotistas o valor da diferença, entre o que foi pago e o que ela deixou de ganhar em razão do prejuízo sofrido pelas manobras que os dirigentes do Investvale fizeram na época.  Então, a certeza da liquidação que os sócios do sindicato vão receber o valor devido neste processo é a certeza de que a Valia também foi condenada e vai responder pelo que foi feito”, destacou a advogada.   




Notícias

 

GALERIA DE FOTOS

 

PUBLICAÇÕES

   

 


Assessoria Jurídica

Clube

Colônia de Férias

Farmácia

Papelaria











2015 Todos os direitos reservados.