André Viana, presidente do Metabase Itabira é o novo membro do Conselho Deliberativo do Plano de Assistência à Saúde do Aposentado da Vale – PASA.

Decisão foi da Diretoria da Instituição

André Viana, presidente do Metabase Itabira é o novo membro do Conselho Deliberativo do Plano de Assistência à Saúde do Aposentado da Vale – PASA.

O presidente participou na quinta-feira (11) no Rio de Janeiro da Assembleia Geral Ordinária daquela instituição. De acordo com André “é uma missão árdua e desafiadora em fazer do Pasa um plano de saúde que atenda os aposentados, pensionistas e demais agregados com qualidade e valor justo”. A indicação feita pela diretoria do Sindicato Metabase visa “dar uma oxigenada no conselho do Pasa. As principais reclamações dos associados são a expressiva diminuição dos convênios com clinicas e médicos, para diminuir os custos e os preços absurdos cobrados na mensalidade”. André sente-se “agradecido e honrado” e define sua indicação pela diretoria como “prova de confiança em meu trabalho. Essa atitude me motiva ainda mais” e adianta: “Teremos voz ativa e firme no Pasa. Há tempos os aposentados, cerca de 10.000 em Itabira, sofrem por causa da falta de ajustes necessários no plano. Muitos não conseguem pagar, desistem e migram para o SUS e por falta de um atendimento com qualidade, morrem na fila de SUS. Eu quero mudar isso”. Finalizou.

Recordando

Durante a campanha para as eleições sindicais André Viana foi duro no discurso quando o assunto era o Pasa. Por várias vezes ele demonstrou sua indignação. Durante audiência pública para debater a prestação de serviços do Plano, realizada no ano passado (25/09), o presidente do Metabase disse que “era inadmissível a forma com que as coisas são decididas, com voto secreto”. Ele sugeriu que as reuniões fossem transmitidas ao vivo, on-line, alegando que os conselheiros precisam declarar seus votos. “Precisamos de conselheiros responsáveis com as categorias que representam”, afirmou na audiência.

André Viana disse que sua luta será diminuir os valores das mensalidades do plano Pasa, “uma das mais caras do Brasil”. Seu plano é de que o dinheiro da Fundação Vale do Rio Doce de Seguridade Social (Valia) seja usado para financiar o Pasa. Desta maneira, o valor da mensalidade diminui “consideravelmente”. De acordo com André, a Valia possui cerca de R$1,5 bilhão em plano de contingência.

Participaram da reunião dentre outros: Ricardo Gruba - Presidente do Pasa, Regina Coelho - Diretora Geral Aposvale, Elaine Vianna – Gerente Jurídica, Bruno Meira – Finanças Pasa, além de representantes sindicais.



CONTATO

Para informações, dúvidas, denúncias, não deixe de entrar em contato.

Compartilhe este site!

Endereço

Rua Mestre Emílio, 93 - Pará
Itabira/MG, 35900-028 

Contatos

comunicacao@metabase.com.br  
Telefone: (31) 3831-6364